Domingo, 09 de Maio de 2021 15:52
99963-4122
Brasil CORTES

Governo publica novas regras para cortes no Bolsa Família

Entre outras situações, serão cancelados os benefícios de quem tem algum membro na família eleito nas últimas eleições municipais

05/01/2021 07h18
332
Por: Redação
Governo publica novas regras para cortes no Bolsa Família

O GOVERNO FEDERAL VAI CANCELAR O PAGAMENTO DO BOLSA FAMÍLIA PARA OS BENEFICIÁRIOS QUE TENHAM FEITO DOAÇÕES DE CAMPANHA OU PARTICIPADO COMO CANDIDATOS NAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS DE 2020. 

SERÃO CANCELADOS, JÁ EM JANEIRO DE 2021 O PAGAMENTO PARA AS FAMÍLIAS QUE TENHAM ALGUM MEMBRO ELEITO NAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS, QUE FOI CANDIDATO NAS ELEIÇÕES E DECLAROU À JUSTIÇA ELEITORAL PATRIMÔNIO MAIOR QUE TREZENTOS MIL REAIS. 

SEGUNDO O GOVERNO, HAVERÁ BLOQUEIOS TEMPORÁRIOS PARA CONFIRMAR EVENTUAIS IRREGULARIDADES. 

O TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL CALCULA QUE QUASE 90 MIL BENEFICIÁRIOS DE AUXÍLIO EMERGENCIAL OU DO BOLSA FAMÍLIA DOARAM PARA CAMPANHAS ELEITORAIS NAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS DE 2020. OS VALORES CHEGAM A 77 MILHÕES DE REAIS.

EM FEVEREIRO SERÃO CANCELADOS OS PAGAMENTOS DE FAMÍLIAS EM QUE UM INTEGRANTE TENHA DOADO PARA UMA CAMPANHA MAIS DE DOIS SALÁRIOS MÍNIMOS, OU AINDA UM INTEGRANTE TENHA SIDO PRESTADOR DE SERVIÇO PARA UMA CAMPANHA E TENHA RECEBIDO VALORES MENSAIS POR PESSOA IGUAIS OU MAIORES A DOIS SALÁRIOS MÍNIMOS.

Ele1 - Criar site de notícias