Quarta, 28 de Julho de 2021 16:43
99963-4122
Região CABE RECURSO

Justiça Eleitoral de Bom Sucesso cassou os diplomas do prefeito e vice. Município poderá ter outra eleição

Além de ter o diploma cassado, o prefeito Porfírio Roberto (Beto), também foi condenado a oito anos de inelegibilidade

15/04/2021 06h43 Atualizada há 3 meses
2.998
Por: Redação
Prefeito de Bom Sucesso/MG.
Prefeito de Bom Sucesso/MG.

O prefeito de Bom Sucesso, Porfírio Roberto da Silva e seu vice Luiz Cláudio da Mata, tiveram seus diplomas cassados pela Justiça Eleitoral, após serem acusados da prática de abuso de poder político, na campanha eleitoral de 2020, em que foram reeleitos.

O prefeito Porfírio Roberto ainda foi condenado juntamente com seu assessor jurídico, Leonardo Lara Oliveira, à sanção de inelegibilidade por 8 anos.

Entre diversas acusações feitas pelo Ministério Público Eleitoral através da uma Ação de Investigação Eleitoral, a justiça entendeu que os investigados praticaram as condutas vedadas pelo art. 73, IV, c.c. §10º, da Lei 9.504/97( fazer ou permitir uso promocional em favor de candidato, partido político ou coligação, de distribuição gratuita de bens e serviços de caráter social custeados ou subvencionados pelo Poder Público).

Os acusados em suas defesas negaram todas as supostas irregularidades apontadas pelo Ministério Público.

Contra a decisão que foi publicada nesta quarta-feira (14/04) ainda cabe recurso ao TRE-MG. Caso a decisão seja mantida, o município poder ter nova eleição para prefeito e vice.

Ele1 - Criar site de notícias