Águas
Tapwear
TERRAKASA IMOBILIÁRIA
REGIÃO

Ufla aguarda mais de R$ 14 milhões com liberação de verbas do MEC

Segundo o reitor da Universidade Federal de Lavras, dinheiro deve ser usado para pagamento de contas e serviços terceirizados.

22/10/2019 06h06
Por: Redação
Fonte: G1/SULDEMINAS

om o anúncio de descontingenciamento total no orçamento das universidades e institutos federais bloqueados pelo Ministério da Educação, na última sexta-feira (18), a Universidade Federal de Lavras (Ufla) aguarda a chegada de um repasse de mais de R$ 14 milhões.

A previsão é que o dinheiro seja repassado ainda em outubro. A verba, segundo o reitor da Ufla, José Roberto Soares Scolforo, virá de dois desbloqueios.

“Permitem pagar aquelas contas cotidianas da universidade, que a gente pague a conta de energia, as contas do pessoal terceirizado, a conta de telefonia, combustível, diárias, ônibus”, detalha.

Segundo o ministro Abraham Weintraub, foi liberado R$ 1,1 bilhão de reais. Deste valor, R$ 771 milhões irão para universidades e R$ 336 milhões para institutos federais . A liberação aconteceu após um remanejamento interno no orçamento da pasta.

“A não vinda dessa verba significaria que a universidade não conseguiria fechar as contas no final do ano, com implicações sempre muito ruins. Então ficamos felizes, é um alento, é um sopro de esperança. A gente sentiu que o Ministério da Educação está buscando verdadeiramente apoiar as ações das universidades”, comentou o reitor da Ufla.

Os bloqueios atingiram as universidades quando o Ministério da Educação reteve 30% dos recursos de custeio das universidades e institutos federais, em abril. O dinheiro dos recursos de custeio é usado para pagamento de despesas como contas de luz, de água, as bolsas acadêmicas, insumos de pesquisa, compra de equipamentos básicos para laboratórios e pagamento de funcionários terceirizados.

Hospital universitário

 

Além do desbloqueio dos R$ 14 milhões, a Ufla conseguiu junto ao Ministério da Educação uma ação orçamentária extra. O dinheiro será usado para a continuidade das obras e infraestrutura do Hospital Universitário de Lavras.

O hospital deve receber 80 leitos e quatro salas cirúrgicas. A obra foi anunciada em 2013 e teve uma cerimônia de início de construção em setembro de 2018.

“Nós temos o dinheiro para concluir, mas precisamos do dinheiro para colocar equipamentos. Seja nos laboratórios da área de saúde, da medicina, seja no hospital, nós conseguimos o recurso que vai nos permitir começar uma série de aquisições”.

A intenção é colocar o hospital em funcionamento imediatamente após a conclusão das obras. A previsão é que ele seja entregue até dezembro de 2020.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários