Segunda, 03 de Agosto de 2020 09:00
99963-4122
Geral AUMENTO DA CURVA

Minas Gerais bate novo recorde de mortes por covid-19

Balanço da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) desta quinta-feira (9) aponta que 90 mortes causadas pela Covid-19 foram confirmadas nas últimas 24 horas

09/07/2020 13h27
270
Por: Redação Fonte: otempo
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Um dia após repetir o número mais elevado de mortes por Covid-19 confirmadas de um dia para o outro, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) constatou nesta quinta-feira (9) um novo recorde de óbitos ocorridos em função da doença confirmados em apenas 24 horas. Entre quarta-feira (8) e esta manhã, o órgão somou 90 óbitos à lista de mortes causadas pela Covid-19 desde o começo da pandemia – com o novo recorde, Minas Gerais chega à marca de 1.445 mortos pela doença. Ainda nessa quarta, relatório estadual indicou 73 óbitos.

Seis dias antes do pico da pandemia, estimado para acontecer no próximo dia 15, a quantidade de óbitos e novos diagnósticos da doença não para de crescer, e os números são principalmente assustadores se comparados com os registrados há um mês. Balanço da SES-MG de 9 de junho apontou que 16.102 mineiros haviam se infectado com o coronavírus até aquela data, número que subiu para 66.864 constatados até esta quinta-feira (9).

São cerca de 50,7 mil casos a mais que os relatados há 30 dias, uma média de 1.692 diagnósticos por dia. Outro indício da aproximação do pico é que há 16 dias a Secretaria de Estado de Saúde confirma diariamente mais de 1.000 casos de Covid-19 – sendo que em 26 de junho uma série de casos acumulados foram acrescidos à lista, somando mais de 6.000 novos diagnósticos que ainda não constavam no documento.

A tendência se repete quando analisados os índices de confirmação de óbitos causados pela Covid-19. Estatísticas apontam que, em seis datas diferentes contadas desde 24 de junho, a secretaria detalhou ter registrado mais de 50 mortes em decorrência do coronavírus. O número constatado nesta quinta-feira (9) é o maior desde o começo da pandemia. O recorde pertencia anteriormente às datas de 4 e 8 de julho, quando o órgão estadual declarou ter confirmado 73 mortes de mineiros pelo coronavírus.

Uma preocupação é que o número de infectados que precisam de hospitalização para tratamento da doença também está em crescimento. Há um mês, cerca de 2.200 moradores de Minas Gerais com diagnóstico confirmado de Covid-19 haviam necessitado de internação nas redes pública e privada para cuidados. Nesta quinta-feira (9), o número está em 7.678 – significa que cerca de 5.400 pessoas precisaram ser internadas nesse período. A estimativa da Saúde é que na data do pico cerca de 2.500 infectados procurem por internação.

A demanda por leitos de enfermaria e UTI acende um alerta em cidades onde a quantidade de casos é elevada, como Belo Horizonte, onde há mais de 9.100 infectados, e Uberlândia, que tem 8.245 diagnosticados com a doença. Na capital mineira, 92% dos leitos de UTI destinados ao tratamento da Covid-19 estão ocupados, número que está em 96% na rede pública municipal da cidade do Triângulo Mineiro.

Pandemia se alastra pelo Estado

Dados da Secretaria de Estado de Saúde apontam que a pandemia de coronavírus alcança, hoje, cerca de 90% dos municípios existentes em Minas Gerais – com exatidão, são 87,80% deles. Na prática, significa que 749 cidades mineiras têm, pelo menos, um caso ou óbito pela doença confirmado e apenas 104 ainda não têm registro de Covid-19. As mortes aconteceram em 287 dos municípios com casos.

Santo Antônio do Amparo - MG
Atualizado às 08h52 - Fonte: Climatempo
14°
Poucas nuvens

Mín. Máx. 21°

14° Sensação
21.1 km/h Vento
61.2% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (04/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 21°

Sol com algumas nuvens
Quarta (05/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 22°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias